Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Bruno propõe consórcio regional de saúde

Bruno propõe consórcio regional de saúde

por Jarkes Fernando Alves publicado 04/07/2019 13h28, última modificação 04/07/2019 13h28

O vereador Bruno Augusto de Jesus Ferreira voltou a falar da situação precária do Hospital Frei Gabriel, que tem piorado o atendimento aos usuários a cada dia e também as condições de trabalho dos colaboradores. Ele lembrou que, nesta gestão, já viabilizou quatro milhões de reais para a instituição, porém as necessidades são maiores. No dia 27 de junho, Bruno se reuniu com o Dr. Carlos Eduardo Amaral, Secretário de Saúde do Estado e, na oportunidade, sugeriu a criação de um consórcio regional, entre os municípios e o governo estadual, com a finalidade de melhorar a estrutura e serviços do hospital.

“O hospital é municipal, mas faz papel de estadual. Por esse motivo, fui até ao secretário de saúde e apresentei a situação do Frei Gabriel, além de mostrar o comodismo do governo de Minas Gerais. É preciso criar um consórcio regional, entre as cidades que utilizam o hospital, juntamente com o governo estadual”, disse.

O vereador explicou que o modo como funciona atualmente o hospital é bom somente para os municípios e para o governo estadual, uma vez que a conta maior sobra para Frutal. “Os municípios vizinhos utilizam o hospital e o único gasto que têm é o deslocamento do paciente. O governo estadual também é beneficiado, uma vez que o Frei Gabriel assume uma responsabilidade que deveria ser do estado. Tudo isso somado à omissão da administração de Frutal, junto da incompetência do Ibrapp, prejudica diretamente o cidadão frutalense”, afirmou.

Bruno ainda comentou sobre a falta de interesse da Prefeitura de Frutal, que não toma nenhuma atitude, não busca qualquer ajuda e aceita calada o desastre da gestão do Ibrapp. “O hospital é terceirizado, porém pertence à Frutal e, por esse motivo, a administração deveria ter pulso firme. Mas, ao contrário disso, aceita calada os desastres cometidos pelo Ibrapp. A Prefeitura não busca recursos e nem ajuda das cidades vizinhas. O Executivo precisa entender que não é possível viver de aparências, querer pagar uma conta que o povo de Frutal não consegue sozinho. Por isso, é momento de unir forças, deixar as diferenças políticas de lado e priorizar a população que sofre com esse descaso e ingerência”, enfatizou.

Ao finalizar, ele lembrou que propôs uma audiência pública com as cidades vizinhas, com objetivo de buscar ajuda, mas que a Secretaria Municipal de Saúde de Frutal, se manifestou dizendo que tal medida é desnecessária. Dessa forma, segundo Bruno, é a mesma coisa de dizer que a Prefeitura de Frutal não precisa de ajuda e consegue gerir o hospital sozinha, o que não é verdade.

error while rendering plone.comments
Acesso à Informação

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube 

Rádio Legislativa
If your video does not start playing shortly, please ensure that you have JavaScript enabled and the latest version of Adobe Flash Player (http://www.adobe.com/products/flashplayer/) installed.
Audio Player
More…
Pesquisa de Opinião

Gostou do novo site?

Sim, gostei
Não gostei
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 23
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo