Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / 𝗖𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮 𝘀𝗲𝗶𝘀 𝗽𝗿𝗼𝗷𝗲𝘁𝗼𝘀 𝗱𝗲 𝗱𝗶𝗳𝗲𝗿𝗲𝗻𝘁𝗲𝘀 𝘀𝗲𝘁𝗼𝗿𝗲𝘀

𝗖𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮 𝘀𝗲𝗶𝘀 𝗽𝗿𝗼𝗷𝗲𝘁𝗼𝘀 𝗱𝗲 𝗱𝗶𝗳𝗲𝗿𝗲𝗻𝘁𝗲𝘀 𝘀𝗲𝘁𝗼𝗿𝗲𝘀

por Assessoria de Comunicação última modificação 25/08/2022 14h36
Seis projetos de lei foram votados e aprovados todos por unanimidade pela Câmara de Vereadores em sua sessão ordinária realizada no dia 22.
Um deles foi o Projeto de Resolução que trata do orçamento da Câmara para o exercício de 2023. Por meio desta matéria, o Poder Executivo terá condições de elaborar o seu próprio orçamento que, em seguida, será levado para votação e aprovação dos vereadores.
De autoria das vereadoras Irma Rezende, Juliene Sabino, Maíza Signorelli, Vaininha e Gislene Silva, foi aprovado um projeto que institui o programa “Agosto Dourado”.
Conforme explicou o presidente Edivalder Cheiroso em Live, a proposta é trabalhar nesse mês para reflexão e promoção de eventos sobre a importância do aleitamento materno.
“A ideia é proporcionar maior atenção às mulheres e seus filhos, incentivando a ação maternal do aleitamento, promovendo mais saúde a todas as crianças do município, pois a primeira ‘mamada’ é considerada a primeira vacina que o filho recebe”, explicou.
Para solucionar uma questão administrativa, foi aprovado um projeto do Executivo que versa sobre a denominação da Avenida Mário Palmério.
A citada avenida tinha início na ponte que dá acesso à UEMG; porém, a partir de agora, passará a ser após a rotatória da Rua 13 de Maio, cujo trecho até a ponte se chamava “Rua das Adálias”, o que gerava grande confusão.
Outro projeto aprovado foi o que trata de abertura de crédito especial no valor de R$ 807 mil e que dará condições para a Prefeitura realizar obras de recapeamento em cerca de 40 ruas do distrito de Aparecida de Minas.
“Nós, vereadores, somos parceiros nesse projeto, pois, sem a aprovação, não seria possível realizar essa obra que trará grande melhoria para aquela comunidade”, salientou Edivalder.
𝗘𝗱𝘂𝗰𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼
Na área de educação, foram aprovados dois projetos, ambos de autoria do Executivo e da Secretaria Municipal da Educação. Um deles cria o cursinho preparatório para vestibulares e Enem.
Dentro dos critérios para se matricular, a família não poderá ter renda superior a dois salários mínimos e, por isso, é de grande importância pelo cunho social que apresenta.
“Esse projeto é de grande relevância porque atende a população mais carente da cidade. Isso vai ajudar muito as pessoas que desejam avançar nos estudos, mas falta condições. Com o projeto em execução, o aluno vai ter o apoio que precisa da Prefeitura”, destacou Edivalder.
O segundo projeto visa abrir crédito especial no valor de R$ 2,1 milhões para que o Executivo possa investir em quatro escolas e CMEIs do município.
A meta é melhorar as estruturas físicas destas instituições e até mesmo ampliar a fim de atender a demanda existente. Principalmente nos CMEIs, existe uma grande demanda por vagas.
Com os recursos, a Administração poderá atender a essa necessidade por meio da ampliação do espaço físico e, consequentemente, das vagas oferecidas, o que é um desejo tanto do Poder Executivo como do Legislativo.
error while rendering plone.comments
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo